The Blur Between Us

CD (Rastilho Records)

Available from 24/09/2012

5.00 €

Add to Cart



:PAPERCUTZ is an electronic pop music act lead by Portugal-based composer Bruno Miguel featuring vocals by New Yorker Melissa Veras and other guest musicians. Their debut album “Lylac” was released on Montreal's Apegenine Recordings. Showcased by BBC Introducing and MySpace’s Best Music, the album was featured in various publications with UK’s Record Collector magazine comparing Bruno’s precision work to that of Four Tet. The band spent the next two years touring and signed their conceptual remix album “Do outro lado do espelho (Lylac ambient reworks)” to UK's Audiobulb Records, featuring relevant ambient music artists like Taylor Deupree, Keith Kenniff, Simon Scott (former Slowdive member), and among many others that Bruno personally invited. 
 
Shedding skins from their debut bedroom electronica, Bruno was invited to remix emerging bands Abadabad, Courtship, Sun Glitters, Albert Swarm and Nite Jewel’ s Heart Shaped Rock project with the likes of Fader Magazine, XLR8R, Impose, Discosalt claiming their rich dreamy sound, and took the risky plunge of covering The Cure’s “Disintegration”, a soundtrack to many of us youth, only the find the warmest recognition on their spin of the original song, from across the globe. 
 
They have just released their sophomore album on Portugal's Rastilho Records, a result of their work in NY with with producer Chris Coady (Beach House, Yeah Yeah Yeahs, TV On The Radio) and their latest song collection presents a darker, edgier, and epic sounding soundscapes, a resulting clash from Bruno’s European rich music tradition and Chris New York indie background.


------------------------

O novo álbum "The Blur Between Us" produzido por Chris Coady (Beach House, Yeah Yeah Yeahs, TV On The Radio) e por Bruno Miguel no mítico estúdio "The Carriage House" onde os Pixies conceberam o agora clássico "Doolittle", apresenta o projecto numa nova fórmula que quebra o o lado mais intimista do anterior "Lylac" e apresenta temas mais fortes com uma sonoridade negra, indo de encontro ao universo lírico abordado. Com a participação de José Luís Peixoto nas letras, é um trabalho conceptual que segue uma narrativa que se inicia começa com a morte de alguém importante para o sujeito em causa e que lhe desperta uma procura do entendimento do próximo e da importância de partilharmos a nossa vida com outros. O single de avanço "Rivers" retrata o escape, como uma forma de reencontro pessoal que acompanha o retorno a casa. 
 
:PAPERCUTZ é um projeto de música pop de sonoridades sombrias, recortadas e torcidas como as ruas do Porto, cidade onde nasceu em 2005. 
Formado por Bruno Miguel e com a participação da músicos convidados, surgem na compilação Novos Talentos Fnac em 2008. Nesse ano, lançam o primeiro álbum “Lylac” pela editora canadiana Apegenine Recordings. É com “Secret Search”, tema retirado de “Lylac”, que ganham o segundo prémio do International Songwriting Competition, atribuído pelo júri composto por Tom Waits, Robert Smith, entre outros notáveis.
 
Em Abril de 2009, vencem na categoria “Off the beaten track” do The People’s Music Awards com a faixa “Ultravioleta”. Do júri faziam parte Annie Nightingale (BBC Radio 1), Emre Ramazanoglu (produtor associado a Lou Rhodes) e Eddy Temple-Morris (XFM). O ano de 2009 trouxe ainda o destaque da Myspace Internacional com a distinção Ones to Watch, sendo a primeira banda portuguesa a alcançar este reconhecimento.
 
A promoção do “Lylac” leva os :PAPERCUTZ a apresentar-se ao vivo em 2009 e 2010 na Europa e nos Estados Unidos, com passagem pelo afamado Festival South by Southwest, em Austin, Texas e no Exit Festival, em Novi Sad, Servia. O álbum de remisturas “Do Outro Lado Do Espelho (Lylac Ambient Reworks)” é lançado em 2010 com o selo da editora inglesa Audiobulb Records. A remistura do tema “Lylac”, realizada pelo músico de ambient Helios, e o vídeo do japonês Daihei Shibata formaram a combinação galardoada na edição de 2010 do Protoclip, Festival International du Clip Musical, em Paris.
 
2011 chega com os :PAPERCUTZ em Nova Iorque onde produzem os temas do segundo álbum de originais, em colaboração com o produtor Chris Coady (Beach House, Yeah Yeah Yeahs, TV On The Radio) e por Bruno Miguel no mítico estúdio “The Carriage House” onde os Pixies conceberam o agora clássico “Doolittle”, e apresentam o projeto numa nova abordagem que quebra o lado mais intimista do anterior “Lylac”, já reconhecido por publicações internacionais como Fader Magazine, XLR8R, Impose, e a MTV que tem acompanhado a sua evolução.
 
Na antevisão do lançamento do álbum, surgem os convites para remisturar temas para Sun Glitters, Heart Shaped Rock (projeto com a participação de Nite Jewel) e a propósito da compilação que celebra o primeiro aniversário da publicação inglesa de música electrónica Future Sequence, nasce a interpretação do tema “Disintegration”, do album seminal dos The Cure, com o mesmo nome. Sendo esta a primeira pista para a sonoridade que vai caracterizar o novo trabalho da banda.
 
Já em 2012 a banda volta a participar no SXSW onde mostram pela primeira vez o single “Rivers”, integrante do novo álbum com lançamento a 10 Julho em Inglaterra e nos Estados Unidos, e em Setembro em Portugal, tendo já ganho o apoio nacional por parte da Antena3.
 
 
"The Blur Between Us" tem edição nacional a 24 Setembro pela editora Rastilho Records.


Rastilho083CD2012

No comments here, be the first!

Leave a review

Only registered users can comment.

Login to comment